Rua Dr Artur Leite de Barros Jr, 217 - Mandaqui - São Paulo - SP

(11) 3474 7427 (21) 4063 7427

Clique aqui para abrir o chat

Rua Dr Artur Leite de Barros Jr, 217 - Mandaqui - São Paulo - SP - 02408-110

Blog

Dicas de como controlar as finanças da corretora

O ato de controlar as finanças também faz parte do cotidiano de um bom corretor de seguros.

O profissional é desafiado a conhecer o poder de compra e necessidades patrimoniais de seus clientes e, ao mesmo tempo, ter a capacidade de gerir os seus gastos, custos e investimentos como empreendedor no setor de seguros.

Principalmente, no caso de um corretor que atua como empresário, ao comandar uma equipe e aplicar o seu próprio plano de negócios, além de ter pleno controle em suas mãos e nos sistemas de gerenciamento de sua empresa, é necessário conhecer os principais métodos para cumprir esse objetivo.
 
O desafio diário

Esse tipo de gestão se faz presente diariamente para a atuação do corretor autônomo, da corretora (empresa) e de outros tipos de investidores deste setor de mercado. 

No dia a dia, os melhores profissionais e empresas desse segmento precisam participar de reuniões, treinamentos, atendimento ao cliente, administração de imóveis, emissão e confirmação de contratos e monitoramento da validade e de valores de cada contrato firmado com os seus clientes.

E, entre tantas tarefas, ainda precisam ter a competência de manter as contas em dia na sua empresa ou em seu home office.
 
Mas, afinal.... Como controlar as finanças?

A seguir apresentamos dicas preciosas para orientar os melhores profissionais de mercado:

Faça planejamento

O ato de planejar faz parte da rotina de todas as empresas, independente do segmento ou setor de atuação. Na maioria dos casos, é impossível prever a rentabilidade de uma empresa de seguros.

A receita costuma variar muito exigindo planejamento realista e eficiente. É indicado traçar metas realistas e direcionar a equipes para atingir cada tipo de objetivo.

Organize o orçamento

Mesmo que não seja possível prever a renda, é importante identificar custos fixos que são obrigatórios para a existência do negócio.

O orçamento de cada ação precisa apresentar essas projeções, suas despesas básicas do ano e possível margem para as variações do planejamento.

É importante que o corretor tenha pleno controle da entrada e saída de receita e capitais de seu empreendimento, seguindo os passos:

Atualize lançamentos de recebimentos nos prazos corretos

Nunca registre em seu controle de caixa, as vendas realizadas. É importante lançar os recebimentos programados nas datas em que serão feitos. Dessa forma, o valor esperado estará disponível na data acertada.

Calcule os custos fixos

É importante separar os custos fixos dos custos variáveis. Os custos fixos são aluguel, pagamento fixo de funcionários, luz, água, telefone, internet e entre outros.

Os custos variáveis são os pagamentos de comissões a colaboradores e outros custos inerentes às vendas.

Faça um check list

É importante organizar um procedimento de monitoramento diário ou semanal sobre o fluxo de caixa. É importante acompanhar os controles com visão de futuro e de maneira realista de mercado, evitando gastos desnecessários.
 
Conheça o Gerenciador WebSics

Se está tendo dificuldades em controlar as finanças de sua corretora, você precisa conhecer o WebSics, o mais completo sistema de gestão com módulo financeiro do mercado.
 
O WebSics permite gerenciar todos os processos de sua corretora, controlar os seus seguros e renovações, comissões da corretora e um módulo financeiro exclusivo.
 
Portanto, conheça agora todos os benefícios do WebSics!
 



Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

0 Comentários