Rua Dr Artur Leite de Barros Jr, 217 - Mandaqui - São Paulo - SP

(11) 3474 7427 (21) 4063 7427

Clique aqui para abrir o chat

Rua Dr Artur Leite de Barros Jr, 217 - Mandaqui - São Paulo - SP - 02408-110

Blog

Como está a situação do atual mercado de seguros?

O mercado de seguros registrou positiva expansão de atuação nos últimos anos no Brasil. Antigamente, as pessoas contratavam um seguro de forma pontual ou quando havia uma preocupação com algo iminente a ser coberto financeiramente.
 
Atualmente, contratar um seguro de automóvel, por exemplo, se tornou num item de primeira necessidade nas principais capitais do país.

O mercado de seguro

O risco de ter um bem roubado ou furtado gerou o crescimento da procura de seguros. Além do roubo, o seguro pode cobrir a perda gerada por incêndios, acidentes, defeito e outros motivos previstos no contrato da apólice.
 
Em relação ao seguro de automóveis, o crescimento da frota de veículos mais novos no país gerou uma atenção maior por parte das pessoas em querer contratar um seguro para o seu automóvel.
 
Lembrando que o seguro de veículos pode ser contratado para carros, caminhões e veículos de uso comercial.
 
Numa visão geral, as pessoas procuram um seguro para proteger um patrimônio e evitar eventuais perdas e prejuízos.

O mercado no Brasil

O mercado de seguros cresceu, consideravelmente, no Brasil. Entre 2017 e 2018, o crescimento esteve acima dos 7% segundo dados da FenSeg (Federação Nacional de Seguros Gerais).
 
No ano de 2017, esse mercado movimentou mais de 38 bilhões de reais em patrimônios assegurados no país.
 
O crescimento da concorrência e a diminuição dos custos para os clientes são os principais fatores para a expansão do setor no país.

O segmento de automóveis

O setor que mais impulsionou o crescimento do mercado de seguros foi o de automóveis. Em 2017, as apólices para automóveis movimentaram 21,4 bilhões de reais em pagamentos de indenizações e benefícios.
 
A recuperação da indústria automobilística no país também é responsável pelo saldo positivo. Apesar da recessão registrada no Brasil entre 2016 e 2019, o brasileiro continua trocando de carro e buscando modelos seminovos e novos, cujos veículos precisam de seguro para evitar perda de patrimônio.

Crescimento

Ainda sobre o segmento de veículos, somente 20% da frota que roda no país está protegida, o que pode justificar a expansão do mercado de seguros nos próximos meses.
 
Outro setor refere-se ao de segurança particular e acidentes. As pessoas sabem que não podem depender do Estado para ter proteção e saúde, gerando a necessidade de contratar seguro para questões pessoais.
 
Nas apólices, o valor do seguro é proporcional ao risco de perda e acidente que o bem ou pessoa podem apresentar.

Acessibilidade

Atualmente, diferentes tipos de seguros estão mais acessíveis a pessoas de diferentes classes sociais e poder de compra. Porém, os valores podem variar conforme a região e as condições de risco. Por exemplo, o estado de Santa Catarina oferece o seguro mais barato para automóveis por ter menores registros de casos de roubo e furto de veículos.

Conclusão

O mercado de seguro promete registrar mais crescimento nos próximos anos no Brasil. Com a retomada da economia haverá uma nova tendência na busca de cobertura para acidentes pessoais, manutenção, perda e roubo de diferentes tipos de patrimônios.

Gostou? Continue acompanhando nossos artigos!

 


Deixe o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

0 Comentários